Leia também!

Jogar Tetris bloqueia flashbacks de memórias ruins, diz estudo

Jogar Tetris ajuda a bloquear flashbacks de memórias ruins, de acordo com um estudo da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Os pesquisadores acreditam que o jogo pode ser um meio simples, porém importante para evitar o desenvolvimento da síndrome do estresse pós-traumático, uma doença comum...

Ler Notícia Completa

Microsoft lança plataforma para promover o uso de Minecraft como ferramenta de educação

Minecraft é um game de criação que não para de surpreender com as funções cada vez mais inusitadas que encontram para o game e, se o jogo já está sendo usado até para fazer "pixel art", por que não levá-lo para as escolas? Educadores como Sara Kaviar já estão usando o game como uma ferramenta pa...

Ler Notícia Completa

Professor brasileiro é premiado em programa para educadores da Microsoft

Um professor brasileiro Francisco Tupy foi premiado pelo programa Educator Exchange, promovido pela Microsoft e realizado em Seatle (EUA) no último mês. O evento reuniu educadores de todo o mundo com o objetivo de promover o uso da tecnologia na didática das escolas. O projeto do brasileiro pas...

Ler Notícia Completa

Notícia - Falando Sério

Alunos desenvolvem games educativos em escola da rede RSE

Projeto interdisciplinar foi realizado no Colégio Salesiano São José, em Natal-RN

Os alunos do 8º ano do Colégio Salesiano São José, unidade da Rede Salesiana de Escolas (RSE) em Natal-RN, estão participando de um projeto que envolve Ciências e Informática. Estimulados pelo tema da Campanha da Fraternidade deste ano (tráfico humano), os estudantes estão desenvolvendo games educativos que abordam essa temática a partir da linguagem de programação do Game Maker.

A proposta surgiu com a adoção do livro “Viver Perigosamente” para estudo, que tem dentre seus objetivos mobilizar a comunidade escolar através da construção de games sobre assuntos como drogas e bullying. “O game está no dia a dia dos nossos alunos. Então por que não leva-los a criarem seus próprios games? Lançamos esse desafio, pois vimos nessa proposta uma ferramenta útil para fugir da monotonia da sala de aula, além de utilizar o lúdico para a perspectiva educativa”, explica o professor Emerson de Oliveira, um dos orientadores do projeto. O professor reforma também que a linguagem de programação foi utilizada como facilitadora do processo de ensino-aprendizagem, “desenvolvendo a construção do jogo em si, destacando sua relevância científica e social”.

Para criar os games educativos, os alunos precisaram estudar sobre a temática trabalhada, a fim de expandir seu aprendizado. “Sabemos que as crianças são muito atraídas pela tecnologia e pelos jogos, e ter a oportunidade de desenvolver a disciplina com essa ferramenta dentro da escola é muito produtivo”, explica Neide Medeiros, coordenadora do laboratório de informática.

 Foco no aprendizado

Com uma proposta educacional do uso do jogo, os alunos conseguem desenvolver capacidades úteis para a sua vida em sociedade. Por exemplo, aprendem a planejar ações, selecionar informações de acordo com os critérios estabelecidos, tomar decisões, organizar, relacionar e interpretar dados dispostos de diferentes formas e linguagens. Além disso, desenvolvem o raciocínio baseado em hipóteses e deduções, enfrentam situações-problema e socializam as decisões.

“O aprendizado deve ter como foco uma perspectiva cidadã no intuito de construir um mundo mais justo e igualitário, pois os jovens de hoje serão o futuro do nosso país. Eles precisam aprender esses conteúdos sociais para encarar e buscar soluções em situações desafiadoras impostas pelo nosso cotidiano”, finaliza o educador Emerson de Oliveira.

A metodologia facilita o processo educacional da geração digital que chega às salas de aula e faz parte do ensino de linguagem e códigos.

Material Didático Digital

Nos colégios da Rede Salesiana de Escolas (RSE) em todo o Brasil, alunos começaram neste ano a trocar os cadernos e livros impressos por conteúdos digitais e tablets. A mudança faz parte de um momento de transição da RSE, com grande investimento em novas tecnologias. Produzido pela Edebe-Brasil, o Material Didático Digital (MDD) é composto pelo livro digital e o caderno interativo. Os recursos apresentam navegação fácil e intuitiva, incorporam várias linguagens e favorecem o estudo colaborativo.

 A Rede Salesiana de Escolas

A educação salesiana está presente no Brasil há 130 anos e se caracteriza por uma pedagogia baseada no amor, na ciência e na espiritualidade. Em 2001, começou a se concretizar a proposta de uma rede de ensino que pudesse unir as dezenas de escolas que compartilhavam dessa concepção pedagógica-pastoral em torno de um projeto conjunto e inovador.

Hoje, a Rede Salesiana de Escolas (RSE) é a maior rede católica de ensino das Américas: congrega cerca de 5 mil educadores e 85 mil alunos, da Educação Infantil ao Ensino Médio, em mais de cem instituições de ensino em todo o Brasil.


Compartilhe essa notícia

Alunos desenvolvem games educativos em escola da rede RSE

Projeto interdisciplinar foi realizado no Colégio Salesiano São José, em Natal-RN Os alunos do 8º ano do Colégio Salesiano São José, unidade da Rede Salesiana de Escolas (RSE) em Natal-RN, estão participando de um proje...[clique e leia na íntegra]