Leia também!

Microsoft lança plataforma para promover o uso de Minecraft como ferramenta de educação

Minecraft é um game de criação que não para de surpreender com as funções cada vez mais inusitadas que encontram para o game e, se o jogo já está sendo usado até para fazer "pixel art", por que não levá-lo para as escolas? Educadores como Sara Kaviar já estão usando o game como uma ferramenta pa...

Ler Notícia Completa

Professor brasileiro é premiado em programa para educadores da Microsoft

Um professor brasileiro Francisco Tupy foi premiado pelo programa Educator Exchange, promovido pela Microsoft e realizado em Seatle (EUA) no último mês. O evento reuniu educadores de todo o mundo com o objetivo de promover o uso da tecnologia na didática das escolas. O projeto do brasileiro pas...

Ler Notícia Completa

Jogo de videogame foi a primeira coisa programada por Zuckerberg

Comemorando seus 31 anos, Mark Zuckerberg participou ontem de uma sessão de perguntas e respostas com funcionários do Facebook e até seus pais. Durante a conversa, o CEO defendeu do uso de videogame para crianças. "Eu definitivamente não teria conseguido crescer na programação se não tivesse jo...

Ler Notícia Completa

Notícia - Falando Sério

Aluno se expressa melhor em "Minecraft", diz professor que usa jogo em aula

Para o professor Francisco Tupy, "Minecraft" pode entrar nas salas de aula para permitir que alunos expressem suas individualidades.

Em palestra ministrada nesta quinta-feira (28) durante a Campus Party, em São Paulo, o professor do Colégio Visconde de Porto Seguro falou sobre como o game de construção com blocos ajuda pedagogos a identificar as personalidades de cada estudante, além de incentivarem o aprendizado e o pensamento criativo dos jovens.

"Cada pessoa tem seu próprio modo de ver o mundo. Se eu peço para 30 dos meus alunos projetarem uma casa no 'Minecraft', terei 30 conceitos completamente diferentes de casas", explicou. "No jogo, cada um projeta o que quer, o que sabe, o que gosta".

Tupy acredita que, como uma ferramenta livre, "Minecraft" permite que os estudantes se expressem melhor em "um mundo de uniformidades".

"Todo mundo tem o mesmo celular, os mesmos aplicativos, conversa com os amigos por texto utilizando a mesma fonte. O 'Minecraft' é um espaço em que cada um pode ser de sua própria maneira", disse o professor.

O professor explica que o jogo de construção permite que os alunos aprendam o processo do desenvolvimento de uma ideia, passando da fase da abstração para a realização com passos simples. "Eles também entendem que uma ideia só é boa quando é factível. Se algum aluno me aparece com uma ideia absurda, digo: 'Então vá lá e faça'. Se eles não conseguem, eles passam a entender o valor de planejar um projeto com inteligência", afirmou.

Segundo Francisco Tupy, o maior desafio do projeto é encontrar uma maneira de fazer com que os alunos usem o conhecimento obtido no game também no mundo real; "É um processo que começa na brincadeira, passa para o interesse e a paixão, e depois se transforma em propósito".


Compartilhe essa notícia

Aluno se expressa melhor em "Minecraft", diz professor que usa jogo em aula

Para o professor Francisco Tupy, Minecraft pode entrar nas salas de aula para permitir que alunos expressem suas individualidades. Em palestra ministrada nesta quinta-feira (28) durante a Campus Party, em São Paulo, o...[clique e leia na íntegra]