Leia também!

Anúncios pornográficos eram exibidos em jogos infantis da Google Play Store devido a um bug

Um app malicioso foi responsável por fazer com que cerca de 60 jogos publicados na Google Play Store veiculassem anúncios pornográficos. Entre os aplicativos estão games infantis e títulos baixados mais um milhão de vezes na loja online da Google. O problema foi flagrado pela empresa de seguran...

Ler notícia completa

Desenvolvedores de games cancelam prêmio de fundador da Atari após acusações de assédio

Nolan Bushnell fala abertamente sobre reuniões que empresa realizava em banheiras e outros comportamentos inapropriados com mulheres. Ele 'aplaude' decisão. Os organizadores da Conferência dos Desenvolvedores de Games (GDC, na sigla original) anunciaram nesta quarta-feira (31) a decisão de cance...

Ler notícia completa

Sim, jogadores profissionais de games podem ter carteira assinada.

Com a profissionalização dos jogadores de games, quem escolhe viver da habilidade no mouse, teclado ou joystick tem direito a carteira assinada e aos benefícios de atletas e de outros profissionais? Sim. É o que pensam advogados especializados em direito desportivo que estavam na Campus Party 20...

Ler notícia completa

Notícia da Web

EA é condenada por uso de imagem de jogadores

O Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo (SAPESP) publicou um comunicado nesta sexta (1º) relatando o parecer favorável da Justiça contra a Electronic Arts pelo uso indevido de imagem de mais de 1.500 jogadores profissionais nos jogos da franquia FIFA.

A sentença da juíza Marcia Tessitore, da 14ª. Vara Cível de São Paulo, condena a empresa a pagar uma indenização de R$ 5 mil reais fixos por aparição nos jogos, além de eventuais danos materiais pela reprodução da imagem dos jogos.

A ação do sindicato é registrada pelo uso dos jogadores nas séries FIFA entre os anos de 2005 a 2016 (com exceção de 2015) e FIFA Manager nos anos de 2006 a 2014.

Caso a utilização da imagem dos jogadores volte a ser utilizada em games futuros, o valor da multa pode chegar a R$ 100 mil por cada violação.

"Demos entrada no processo em novembro de 2016. A juíza da 14ª Vara Cível da Capital, Dra. Marcia Tessitore, foi muito criteriosa em analisar os diversos detalhes que compõe essa discussão, mas no final prevaleceu mesmo a falta de autorização que a empresa tinha para utilizar imagem dos jogadores", declarou o presidente do sindicato, Ricardo Martorelli, no comunicado. "Com isso poderemos reparar a condição de uma gama considerável da categoria. Um aspecto importante. Além do dano material, a sentença traz a indenização por dano moral, questão que até então não vinha sendo considerada pelo judiciário."

A indenização favorece os 1.535 atletas representados pela SAPESP ligado ao processo, incluindo figuras como Neymar, Ronaldo FenômenoRogério CeniValdívia, entre centenas de outros.

Por ser um julgamento em primeira instância, a Electronic Arts tem direito a recorrer a decisão.


Compartilhe essa notícia

EA é condenada por uso de imagem de jogadores

O  Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo  ( SAPESP ) publicou um comunicado nesta sexta (1º) relatando o parecer favorável da Justiça contra a  Electronic Arts  pelo uso indevido de imagem de mais de 1....[clique e leia na íntegra]